Portal da Maturidade

Tudo sobre Maturidade, por Mariúza Pelloso Lima

Você tem amigos? Onde eles estão?

1 comentário

Amigos_Maturidade          Um dos nossos maiores tesouros na maturidade são os nossos amigos.

          Pessoas que entraram na nossa vida em algum momento e se tornaram imprescindíveis, partilhando conosco o dia a dia, as horas alegres, as horas tristes, nos confortando nas intempéries da vida, levantando nosso ânimo, socorrendo-nos em pequenas e grandes necessidades.

          Temos amigos para passear, para orar juntos, para grandes comemorações, para estudar, amigos da academia, da hidroginástica, da dança, amigos do trabalho, do tricô, do futebol, e assim vai.

          Você consegue imaginar seu mundo sem essas pessoas que lhe fazem tão bem?

          Nem sempre temos condições de conversar com todos, dar-lhes a devida atenção, em retribuição ao que fazem por nós. Porém, quando estamos sós, por algum motivo, invade-nos uma grande saudade deles. Ah, se fulano estivesse aqui …. o que será que nós estaríamos conversando, fazendo?

          Tudo que existe e vive precisa ser cuidado para continuar a existir e a viver, desde uma plantinha, um animal, uma criança, um idoso.

          Construímos o mundo a partir de laços afetivos. Esses laços tornam as pessoas e as situações preciosas, portadoras de valor. Preocupamo-nos com elas. Tomamos tempo para dedicar-nos a elas. Sentimos responsabilidade pelo laço que cresceu entre nós e os outros.

          Se recordarmos a frase do livro do Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint Exupéry, que diz: “É com o coração (sentimento) que se vê corretamente; o essencial é invisível aos olhos”, veremos que é o sentimento que torna as pessoas, coisas e situações importantes para nós. Somente aquilo que provocou cuidado em nós deixa marcas indeléveis e permanece definitivamente.

          Esse modo-de-ser-cuidado é que devemos ativar com nossos amigos. Ficarmos atentos na maturidade para não nos isolarmos, não deixarmos muito tênue, enfraquecida essa rede que envolve os nossos amigos.

          Outra frase do Saint Exupéry: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”, também nos faz refletir sobre nossa responsabilidade em alimentar continuamente nossas amizades, principalmente dos amigos mais queridos, insubstituíveis.

          Vivenciar nossa maturidade com amigos é um modo de ser mediante o qual saimos de nós e nos centramos no outro, com desvelo e solicitude, participando de seu destino, de suas buscas, de seus sofrimentos e de seus sucessos, enfim , de sua vida.

          Onde estão os seus amigos? Será que não está na hora de telefonar para eles? Enviar uma mensagem por e-mail ou no facebook para dizer-lhes o quanto está com saudades , o quanto os ama? E que tal marcar um cafezinho, um chopp ou um almoço na companhia deles?

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Você tem amigos? Onde eles estão?

  1. Querida Mariusa. Que linda reflexão! Vc e seu jeitinho gostoso de ser. Não esqueço os momentos bons que passamos juntas. Pensei que a aposentadoria daria-me mais tempo para as amigas. Que nada. Os filhos e netos e absorvem totalmente. Estive no Texas, Usa durante 50 dias , na casa da minha filha, curtindo minhas netas que estão lindas. A vovó é coruja. Risos. Li todas as suas mensagens e gostei muito. Continue…. Grande abraço. Zélia

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s