Portal da Maturidade

Tudo sobre Maturidade, por Mariúza Pelloso Lima

Mamãe Carmela – Vovó Esther!

Deixe um comentário

“Eu tenho tanto  para lhe falar,

mas com palavras não sei dizer.

Como é grande o meu amor por você!…”

 

          Seu nome é Esther Carmelina. Nasceu em julho de 1917, no dia em que se comemora Nossa Senhora do Carmo. Festejará esse ano seus 97 anos de idade!!!

          Seu pai, imigrante italiano, a chamava de Carmela! Fui descobri isso quando eu já era adulta, e então comecei a brincar com ela de Mamãe Carmela!!

          Até seus doze anos viveu feliz, com toda sua família. Infelizmente perdeu cedo seu pais, e ela e seus irmãos foram  morar com parentes, cada um em uma casa, até em outras cidades. Perdas difíceis!

          Conheceu meu pai e construíram um lar com quatro filhas. Foram 56 anos de casados! Vivências de alegria, harmonia, tristeza, muito trabalho, companheira incansável, ajudando meu pai, e  muitas viagens pelo mundo afora…

          Sempre bonita e elegante, e até hoje  capricha no seu visual para ir à missa aos domingos e visitar “seu velho” no cemitério.

          Hoje, a minha Carmela está com dificuldade de se locomover sozinha, caminha devagarzinho. Sua única queixa: sinto falta, saudades do “meu velho”!!!

          Quando vou visitá-la, ela me aguarda com o melhor sorriso do mundo! Linda! Cheirosa! E recebo aquele abraço gostoso, que só Mãe sabe dar!!!

          Fecho os olhos e a vejo costurando, inventando vestidinhos maravilhosos para nós, tricotando casacos: meu agasalho amarelinho de casinha de abelha, com friso azul!!! Sempre colocou uma mesa bonita, com pratos deliciosos e como meu pai apreciava isso e principalmente seus doces!!

          Mamãe Carmela, quero agradecê-la por tudo que me proporcionou na vida: amor, estudos, e principalmente, na acolhida dos meus filhos, quando nasceram. Foi a primeira pessoa a banhá-los, me ensinando a cuidar dos bebês, ficando em casa, até que eu soubesse caminhar sozinha. Daí, então, comecei a chamá-la de Vovó Esther!

          A cada filho, um enxoval novo, caprichado, chegava dias antes deles nascerem.

          O tempo passa muito rápido! De repente, a vovó Esther, que era ágil, esperta, incansável, diminuiu sensivelmente seus passos, após os 90 anos. Deixou de guiar e começou a depender de motorista e de familiares.

          Vovó Esther, sempre aguardo no dia do meu aniversário, a sua bênção. Suas palavras continuam mágicas e benditas!

          Nesse dia das Mães, sou eu que quero abençoá-la pela Mãe que foi, que  continua sendo e pela espiritualidade que me deixa como herança eterna.

“Peço a Mãe Maria que vele pela senhora, em todos os seus momentos, cobrindo-a com Seu Manto de Luz, trazendo-lhe saúde, paz e serenidade.”

          Receba as rosas que tanto gosta de colocar no seu altar para Nossa Senhora e sinta-se amada e abraçada pela filha que a ama muito. Gratidão.

“Sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grata”.

Esther_Maturidade

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s